Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Eles Bem Avisaram...

... mas eu não fiz caso nenhum.

 

Eu já tinha lido no site e ouvido no telejornal. Já sabia que iam andar no ar mas achei que me iam passar ao lado. O tanas! Tão bem enganadinha que eu fui! Por mim mesma, claro. Sinto-me como um íman que atraiu todos os pólens, pós e ácaros que existem na área de Lisboa e arredores.

 

Ainda eu não tinha despertado do meu sono de beleza, quando comecei a sentir aquelas humidades nasais típicas da minha alergia. Confidenciei à minha almofada que não me apetecia nada andar o dia todo de nariz na mão, que é como quem diz, andar a assoar-me. Nem a almofada me ligou peva!

 

Fui a correr buscar o meu ant-histamínico de colocar debaixo da língua, vá de pulverizar o nariz e de pôr gotas nos olhos, ao mesmo tempo que rezava "Avé Marias" para que ainda tivesse atacado a tempo os inimigos número um do meu nariz. Passada meia hora, tive a certeza de que já não fui a tempo.

 

Comecei o dia com a minha habitual explicação das terças-feiras. Até aqui as coisas correram com normalidade: sem espirros e poucas assoadelas. Fui almoçar e zarpei em direcção ao convento. Aqui é que foram elas! durante a primeira aula começou a tragédia: os espirros começaram a interromper o meu discurso e as assoadelas começaram a ser constantes.

 

Assim que entrei na sala onde ia dar a segunda aula, desatei a espirrar ininterruptamente e a ferver assoadelas. Comecei a ficar assustada por ver o meu arsenal de lenços de papel a desaparecer rapidamente. Espirrei até ficar com os bofes de fora e sem ar nos pulmões. Argh!

Milagrosamente lá tive uma folguinha nos espirros e consegui terminar a aula.

 

À hora do lanche, encontro a mana-profe onde eu ia a seguir dar aulas. Esta é a tal sala do zoo (a do post prometido mas que nunca mais é escrito). Assim que vi a mana, cumprimentei-a e fiz-lhe um pedido "mana, coloque as feras na jaula senão hoje é que morro mesmo...!". a mana olha para mim e diz-me "fique descansada que eu vou ao seu funeral...", virou-se a riri e pisgou-se! Grande lata!

 

Apanhado geral: consegui dar as minhas aulas apesar da espirraria e assoadelas; não voou ninguém no bus à conta dos meus espirros e nem salpiquei ninguém; consegui chegar a casa sem esgotar o arsenal de lenços de papel. e agora vou enfiar-me na cama antes que o meu PC me aperte o pipo pr causa dos espirros!